Faz bem,
Ser o bem de alguém.
Fabrício Bernardo.
Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.
Caio Fernando de Abreu. 
Eu caso, se preciso for. Eu amo você, por mim tudo bem. Conheço seus pais e faço ambos me amarem como você me ama - ok, não exatamente como você me ama. Onde você pedir com jeitinho e beicinho, eu assino.
Gabito Nunes. 
Eu posso ser confusa, medrosa e ter mais defeitos do que qualidades. Posso parecer a mais idiota do mundo, e nem demonstrar o que sinto. Mas, se eu disser que te amo, acredite.
Requiz.
Se por acaso fujo, não é por falta de luta. Qualquer abandono exige coragem. Qualquer fuga tira um pedaço de nós que não volta. É preciso força até para desistir.
Verônica Heiss. 
É difícil conviver com as nossas próprias fobias. Muitas vezes cito minhas amarguras mas, na prática, vivo me deparando com obstáculos reais. Somos um mix da pobreza temerária do cotidiano, obrigações e rotina, somada às nossas assombrações e conturbações sentimentais. Sempre achei que deveríamos ter um oitavo sentido. Nesse mundo complicado eu me sinto meio gato.
Elisa Bartlett
Por enquanto estou inventando a tua presença. Por enquanto ainda invento teu cheiro em cada canto que eu passo. Por enquanto ainda te imagino no meio de tudo. Por enquanto ainda sinto que é no meio dos teus braços, que eu me sinto completamente segura. Mas por quanto tempo vai ser assim? Por enquanto eu ainda te espero. Por enquanto eu ainda acredito. Por enquanto eu ainda tenho fé. Mas me diz. Até quando? Por quanto tempo eu ainda aguento isso.
Carolline Libório. 
Eu faço meu destino.
Alice no pais das maravilhas. 
- Eu te amo.
- Justifique sua resposta
Caio Augusto Leite.
Me de motivos para continuar de pé se todos em minha volta já estão no chão…
Os pesadelos de Jack William.
Tira-se a roupa pra transar, mas é depois que se fica nu de verdade. Aí sim o desejo mais ingênuo salta aos olhos. Ficamos lúcidos, indefesos, satisfeitos. Não se faz necessário tarimbar o sentimento. Não querer levantar da cama é dizer eu te amo. Depois do tesão animal, do untar da pélvis, do desparafusar do molejo, ouvir ‘me abraça forte e fica quietinho’ é uma declaração.
Gabito Nunes. 
E ela tinha um sorriso imenso, do mesmo tamanho da sua dor.
Demi Lovato.
Eu não to pedindo pra você ficar, longe disso. Mas precisava ir agora?
Creditado. 
A vida, a noite, as festas, tudo continua igual. O mesmo fedor de cigarro no cabelo, o mesmo homem bonito me olhando de longe, o mesmo homem bonito que, quando chega perto e abre a boca, eu gostaria que tivesse permanecido longe. O mesmo ânimo em pertencer, a mesma alegria em comemorar, a mesma festa em se encontrar. Mas ninguém sabe exatamente ao que pertence, o que comemora e muito menos o que encontra.
Tati Bernardi  
Eu quero surtar. Quero cair no chão e me arrastar para dentro dos arbustos. Porque logo depois dos arbustos, a calçada faz uma curva, contornando o estacionamento da escola. Atravessa o gramado e invade o prédio principal. Chega até a porta da frente e vira um corredor, ziguezagueando entre fileiras de armários e salas de aula, até desembocar na porta da minha classe.
Os 13 porquês.